Transportes

Dispositivos eletrônicos, instrumentos e equipamentos instalados em meios de transporte, rodoviários e ferroviários, estão sujeitos às solicitações transmitidas pelas asperezas do terreno ou das juntas dos trilhos.

Tais solicitações, sob a forma de vibrações ou choques repetidos, se não forem reduzidas de forma suficiente pelos sistemas de amortização principal do veículo podem influir no funcionamento e na vida útil de alguns dos sistemas instalados a bordo.

Em outros casos a fonte de vibração está montada no próprio veículo (normalmente, o motor de um veículo) e os equipamentos colocados nas proximidades da fonte devem assim ser protegidos.

Em qualquer dos casos, os sistemas montados em meios de transporte podem estar sujeitos ou durante o uso normal ou em caso de eventos excepcionais (incidentes), a acelerações relevantes nas várias direções.

Por esse motivo todos os suportes antivibrações instalados devem ser dimensionados, não apenas para otimizar a redução das solicitações vibratórias ou de choque, mas também para resistir a cargas de inércia ligadas a essas acelerações.

Os suportes antivibrações em borracha Vibrostop AAVibrostop AADVibrostop MM não demandam a resistência da conexão à parte em elastômero, mas são projetados de forma a descarregar eventuais sobrecargas sobre as partes metálicas.

Um outro tipo de suportes que une boa atividade de isolamento, tanto de vibrações quanto de choques e que garantem a manutenção da conexão em caso de sobrecargas é a família dos isoladores de cabo de aço: série Vibrostop AVAU e Vibrostop Cavoflex.

O suporte Vibrostop PGM tem um emprego particular em meios de transporte onde os espaços são com frequência pequenos pois ocupa um espaço muito pequeno em altura, permanecendo quase reprimido na espessura das estruturas de sustentação.