Prensas e martelos

O equipamento para o trabalho em chapas metálicas (corte, forja, estampagem e dobra), como prensas, martelos, guilhotinas e perfuradoras pode ser uma fonte significativa de choques e vibrações que são transmitidos através da base da máquina a todo o ambiente em que está instalado.

O problema principal é limitar a transmissão das solicitações de impacto (choque) e em segundo lugar isolar as vibrações geradas nas estruturas em resposta ao tipo de entrada de impulsos recebido.

Tais solicitações de caráter impulsivo ou vibratório podem ter diversas consequências: piorar as condições de trabalho dos funcionários (Decretos-Lei 81/2008), incomodar os cômodos ou os escritórios nas proximidades, provocar danos nas estruturas reduzindo a sua vida útil, alterar operações de controle/medida no interior do mesmo estabelecimento.

Para evitar todos estes efeitos colaterais das principais atividades de trabalho, é necessário colocar as máquinas sobre apoios antivibrações e antichoques tanto de forma direta, com melhores resultados, quanto através da realização de uma base inerte, por sua vez apoiada em suportes antivibrações.

Para o efeito, e conforme as cargas e as características de fixação desejadas, é possível escolher entre os apoios antivibrações Vibrostop BPD, Vibrostop GVibrostop TSPP ou entre os suportes Vibrostop Flexobloc e Vibrostop TSZ, dispostos para a fixação no pavimento ou pela lateral da máquina.